Lata de Refrigerante suja de urina de rato, pode nos matar?

Aumente suas Vendas com a Sanitização de Ambientes
Parabéns pelo dia das mães, 09 de maio de 2021
Exibir tudo

Lata de Refrigerante suja de urina de rato, pode nos matar?

Como podemos nos alimentar em um restaurante sem um selo de segurança contra pragas e bactérias, qualquer praga poderia andar nestes alimentos até mesmo durante o dia ou a noite, deixando rastro de contaminação e, isto se estende para mercados, lanchonetes e quaisquer tipo de empresas de alimentação.

Várias mensagens e publicações em mídias sociais recentemente circularam por todo o mundo alertando os usuários sobre uma doença mortal causada pelo consumo de latas de refrigerante contaminadas com urina de rato na tampa.

Na verdade, inúmeras variações deste ‘senhor da morte’ têm ressurgido e circulado durante a última década ou mais.

Em cada conta, alguém bebe direto de uma lata de refrigerante e morre logo depois.

Uma autópsia concluiu que a causa da morte é a leptospirose – um resultado direto da lata que estava infectada por urina seca de rato.

Aqueles que levaram a mensagem a sério estavam determinados a espalhar a mensagem, enquanto outros a desconsideraram como puro spam.

Mas há alguma verdade nisso? Alguém pode contrair leptospirose simplesmente por beber de uma lata?

Nesta matéria, examinaremos essa lenda urbana para separar o fato da ficção.

O que é leptospirose?

A primeira verdade da mensagem é que a leptospirose é, na verdade, uma doença real causada por várias bactérias chamadas Leptospira, que infectam animais e podem ser transmitidas aos humanos.

Os seres humanos podem pegar leptospirose por meio do contato direto com a urina de animais infectados ou através da água, solo ou alimentos contaminados com sua urina.

É mais comum em climas quentes. Os sintomas da doença incluem; febre alta, dor de cabeça, sangramento, dor muscular, calafrios, olhos vermelhos e vômitos – e sem tratamento, podem levar a danos graves nos rins e no fígado e até à morte.

Em novembro de 1998, a leptospirose matou oito pessoas e hospitalizou cem na China.

No mesmo mês de 1997, 22 pessoas morreram da mesma causa entre 300 infectadas.

Nos Estados Unidos, ocorrem de 100 a 200 casos de leptospirose a cada ano (com cerca de metade deles no Havaí), de acordo com o Center for Disease Control. ( Fonte )

Já no Brasil o portal da saúde do Governo Federal informa que o casos confirmados de Leptospirose de 2000 a 2019 variaram em torno de 2.027 à 5.011 casos no mesmo período, tendo uma variação de 3 à 25 casos por ano no estado de Goiás, de 21 à 179 em Minas Gerais e de 337 à 1105 casos por ano no estado de São Paulo, conforme disposto em http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2019/julho/19/Casos-Lepto-18-07-2019.pdf .

Essas mortes podem ser atribuídas às latas de refrigerante?

Provavelmente não. Esta é definitivamente uma doença que não deve ser tratada levianamente, mas antes de condenar as latas de refrigerante para sempre, vamos cavar um pouco mais fundo.

Você pode pegar leptospirose em uma lata de refrigerante?

É aqui que os fatos ficam um pouco confusos. Embora os humanos possam pegar leptospirose pelo contato com a urina de um animal – as chances de isso acontecer apenas por beber de uma lata de refrigerante são mínimas, mesmo que ninguém deseje correr este risco.

De acordo com uma refutação do Centro de Informações sobre Leptospirose (LIC): Leptospira requer imersão constante em água para sobreviver e, portanto, a secagem da superfície por qualquer período de tempo mataria permanentemente a bactéria.

Visto que os recipientes para bebidas não são porosos, a umidade da superfície seca muito rapidamente e não pode contaminar o conteúdo.

Além disso, a fraude pressupõe que toda a urina de rato contém Leptospira.

Na verdade, a urina de rato normalmente não é tóxica para os humanos.

Contato com urina de ratos doentes certamente podem causar doenças em humanos, mas apenas porque a urina contém bactérias de algum ou outro tipo.

Então, aí está, beber de uma lata de refrigerante não é a sentença de morte que proclamam as mensagens.

Dito isso, resta uma pergunta a fazer:

Existe realmente urina de rato nas latas de refrigerante?

Quanto à possibilidade de haver urina de rato nas latas de refrigerante que compramos nas lojas, leptospirose ou não, é possível.

E, tóxico ou não, ninguém gosta da ideia de engolir uma bela Coca-Cola misturada com urina, não é mesmo?!

Considerando que as latas de refrigerante podem ter sido armazenadas ou manuseadas de maneira anti-higiênica antes de chegar aos consumidores, a recomendação da mensagem fraudulenta de limpar a tampa das latas antes de beber provavelmente não é ruim.

Veja abaixo a mensagem que tem circulado na Internet desde 2012 por e-mail, redes sociais e mensagens instantâneas, onde as vezes volta a se tornar viral. 

Se acessar o link https://pontolimposervicos.com.br/servicos-de-alimentacao/ reservamos vária recomendações para preservar a imagem de sua empresa de alimentação cuidando da qualidade de sua marca, vejamos mais abaixo…

Os restaurantes, lanchonetes entre outros serviços de alimentação com o controle da Ponto Limpo, oferecem alimentos 100% confiáveis.

A indústria de processamento de alimentos não precisam apenas produzir produtos seguros, elas devem ser capazes de provar às autoridades competentes que seus procedimentos, processos e instalações podem garantir a segurança alimentar e cumprir a legislação, por meio de gestão, monitoramento, ação e documentação eficazes.

A Ponto Limpo Serviços emprega medidas relevantes que, devem ser implementadas para garantir que a segurança seja mantida em todos os pontos do processo de produção.

Isso envolve o cumprimento de uma série de ‘pré-requisitos’ que a empresa deve estabelecer, seguindo as Boas Práticas de Fabricação e os procedimentos operacionais padrão.

Controle de Pragas

Muitas espécies de pragas são atraídas para os alimentos e abrigos presentes nas instalações de produção de alimentos e podem entrar nas instalações de abastecimento e produção de alimentos em muitos pontos, contaminando superfícies, materiais, equipamentos e produtos alimentícios. O controle de pragas é mantido por:

✓ Implementar um programa de manejo integrado de pragas sob o controle da Ponto Limpo Serviços;

✓ Inspeção de materiais recebidos: matérias-primas, ingredientes, embalagens, recipientes e veículos;

Prevenção do acesso a comida e água:

✓ os depósitos e recipientes de alimentos devem ser à prova de pragas;

✓ derramamentos devem ser limpos rapidamente;

✓ remoção de água parada;

✓ resíduos devem ser armazenados em recipientes à prova de pragas e áreas de armazenamento mantidos limpos.

✓ Prevenção de acesso: inspeções regulares e manutenção das instalações devem ser executadas, para evitar que pragas tenham acesso através de janelas, ralos, respiros, telas, portas, tubulações, telhados e etc;

✓ Prevenção de ancoragem perto de edifícios: limpeza de áreas de vegetação e detritos;

✓ Monitoramento, detecção, relatório e documentação de pragas;

✓ Tomar medidas apropriadas de eliminação de pragas e documentar atividades certificando, conforme exigido pelas melhores práticas da legislação;

✓ Armazenamento de produtos de acordo com os regulamentos para garantir a segurança e prevenir a contaminação.

A presença e monitoramento da equipe Ponto Limpo Serviços é fundamental para que pragas visíveis ou não, estejam longe de sua sede, protegendo a sua linha de produção, assim como a qualidade de vida de seus clientes, preservando a qualidade de sua marca.

Ainda tem dúvidas de suas necessidades? Ligue para nós para mais informações e vamos fazer uma avaliação de suas necessidades.

Ponto Limpo Serviços
Rua Florestina, 555, Araguari, MG
Fone 34 3242-2966 ☆ WhatsApp 34 98868-7168
www.pontolimpo.com .

Deixe uma resposta

× Como posso te ajudar?