A importância da Sanitização de Ambientes contra o COVID

Parabéns pelo dia Internacional das Mulheres em 2021
Controle de Pragas em Comércios ou Residências
Exibir tudo

A importância da Sanitização de Ambientes contra o COVID

A importância da Sanitização de Ambientes contra o COVID

Todas as empresas têm por obrigação, manter a equipe e os clientes confortáveis ​​e seguros, para cumprir o objetivo de atender e obter lucro.

Durante a pandemia do coronavírus, as empresas devem se adaptar rapidamente para que possam abrir e operar com segurança novamente.

No entanto, muito poucas pessoas receberam o treinamento correto sobre como lidar com os problemas apresentados pela pandemia.

A Ponto Limpo Serviços com seus serviços de Sanitização de Ambientes esta pronta para oferecer apoio enquanto as empresas se preparam para abrir, ou enquanto estão abertas cumprindo com as determinações do Governo Local e da Saúde Pública em suas publicações e orientações que cobrem quase todas as situações imagináveis.

Todas as orientações incluem informações sobre a sanitização, higienização e desinfecção de ambientes, assim como do local de trabalho na lavagem frequente das mãos para melhorar a higiene das mãos de clientes e funcionários.

No entanto, poucos organismos oferecem orientação sobre como selecionar e usar os produtos químicos e métodos de sanitização corretos ou que estrutura regulamentar as empresas devem seguir.

As empresas estão atualmente fazendo o que é necessário para manter a segurança dos funcionários e do público da maneira mais eficiente possível.

Isso inclui técnicas eficientes de sanitização, higienização e desinfecção para limitar a propagação do vírus.

Embora esses dois termos tenham definições diferentes, as diferenças de nuances são irrelevantes para a operação de uma empresa.

Para maior clareza, este artigo usará a palavra “sanitização” (ou seus derivados) para significar tanto para sanitização, higienização quanto desinfecção, e o termo “funcionários” se referirá a funcionários e clientes.

O SARS-CoV-2, o vírus que causa o COVID-19, é disseminado como um bioaerossol.

Dependendo do mecanismo de geração – respirar, falar, tossir, espirrar, etc. – os bioaerossóis se instalam na coluna de ar em menos de dois metros e em 15 minutos.

Embora existam relatórios que afirmam exceções a esses números, eles fornecem um bom quadro de referência para a criação de um espaço de trabalho de negócios seguro.

Embora o vírus seja bastante frágil, relatos sugerem que ele pode persistir em superfícies duras, porosas e não porosas, de minutos a horas, aumentando a oportunidade de transferência da mão para o corpo e, portanto, aumentando o risco de infecção.

No entanto, os lipídios que revestem o material genético do vírus são fáceis de romper, portanto, a sanitização de superfícies pode facilmente matar o vírus.

As empresas devem selecionar o produto higienizador certo, entender onde, como e com que frequência aplicar o produto e com que frequência os funcionários precisam lavar as mãos.

Para apoiar os operadores comerciais e ajudá-los a compreender os requisitos de sanitização, a Ponto Limpo Serviços vem com esta publicação com orientações para Limpeza e Desinfecção de Espaços Públicos.

Limpar uma área com água quente com sabão e desinfetante doméstico normal pode reduzir o nível de vírus na superfície e reduzir o risco de transmissão de qualquer infecção.

Implementar um programa regular de zeladoria para limpar todas as áreas, remover resíduos e reabastecer os equipamentos de proteção individual (EPI), como máscaras faciais, também pode reduzir a infecção.

Superfícies de alto contato

Desinfetante

As empresas também devem ter o cuidado de higienizar e desinfetar regularmente as superfícies de alto contato, como maçanetas, tampos e interruptores, usando agentes aprovados.

Se possível, eles podem reduzir o número de áreas de alto contato usando portas que abrem automaticamente ou impondo controles para interromper o contato com as bancadas.

Superfícies externas, como calçadas ou grades, não precisam de agentes higienizantes – a limpeza de rotina com água quente e sabão é adequada.

Funcionários e clientes tocarão em algumas superfícies de alto contato com frequência e a sanitização de rotina é necessária para reduzir o risco de infecção. Essas superfícies são itens como:

  • Corrimãos;
  • Maçanetas;
  • Teclados;
  • Sanitários;
  • Interruptores;
  • Bancadas;
  • Alças;
  • Telefones de mesa;
  • Torneiras e pias;
  • Alças de bomba de gás;
  • Telas de toque;
  • Portas e portais e muito mais.

As equipes de limpeza devem realizar procedimentos de limpeza de rotina pelo menos uma vez por turno ou uma vez ao dia e, dependendo da ocupação do espaço, higienizar as áreas de alto contato com mais frequência.

Por exemplo, as empresas podem fornecer um spray higienizante em aerossol em um banheiro público e solicitar que cada pessoa use o spray em todas as superfícies ao sair das instalações.

Um banheiro público maior também pode exigir a sanitização regular de um limpador para reduzir ainda mais o risco de infecção, onde a Ponto Limpo Serviços pode oferecer este serviços de acordo com a necessidade e com os produtos e equipamentos adequados.

Lavar as mãos regularmente é um dos métodos mais fáceis e eficazes de reduzir o risco de infecção.

Os funcionários devem lavar as mãos ao chegar e sair do trabalho, bem como várias vezes durante um turno.

A lavagem das mãos é particularmente importante porque os funcionários podem manusear dinheiro ou itens de clientes e tocar em muitas superfícies.

Todos os funcionários devem seguir as orientações para lavar as mãos com água e sabão por 20 segundos e secar bem.

Se nem sempre é possível lavar as mãos, as empresas devem fornecer desinfetante para as mãos que contenha pelo menos 60% de álcool.

Os desinfetantes para as mãos também podem conter glicol para reduzir a irritação da pele ao usar regularmente esses produtos.

O produto certo

Existem muitos produtos de limpeza no mercado, portanto, os empregadores devem selecionar um desinfetante com base na eficácia e segurança.

A Lista N: Os produtos de sanitização de ambientes para uso contra SARS-CoV-2 (COVID-19) da Ponto Limpo Serviços oferece orientação aos funcionários para usá-la como ponto de partida para encontrar produtos equivalentes.

Produtos que contêm alvejante (hipoclorito de sódio) geralmente têm o tempo de contato mais curto.

Recomendamos precaução no uso de determinados produtos que, costumam ser irritantes, portanto, os limpadores sem experiência devem usar luvas e manusear o produto de maneira adequada para interromper a irritação da pele.

Eles também devem manter os produtos à base de alvejante longe dos que contêm ácidos para evitar misturá-los e liberar gases tóxicos.

Os produtos de limpeza à base de álcool feitos de álcool etílico ou isopropílico devem conter álcool acima de 65 por cento para serem eficazes.

Esses produtos geralmente contêm um segundo agente, como peróxido de hidrogênio, para melhorar sua eficiência.

Eles também são inflamáveis, portanto, os limpadores devem ter cuidado ao manusear esses fluidos, sempre recomendamos a contratação de profissionais da Ponto Limpo Serviços, pois contamos com equipe qualificada para a sua segurança.

As empresas que usam grandes volumes de desinfetante para as mãos também devem ter cuidado ao manusear as garrafas devido à inflamabilidade.

Produtos que contêm amônio quaternário (“quats”) são eficazes, mas requerem tempos de contato mais longos. Eles tendem a ser menos prejudiciais à pele e geralmente não são inflamáveis.

Se uma empresa usa um serviço de limpeza, ela deve contatá-los e revisar os agentes sanitizantes que eles usam.

Eles podem obter uma Folha de Dados de Segurança (SDS) para verificar a composição química e revisar as informações de segurança dos produtos que transportam.

Os métodos de limpeza de superfície dependem do tamanho da superfície – você pode limpar a maioria com um pano limpo e produtos de limpeza em spray do tamanho do consumidor.

As empresas devem evitar o uso de aerossóis ou sprays maiores e apenas permitir que um serviço de limpeza os utilize, pois esses produtos requerem treinamento para o manuseio adequado.

Os regulamentos de Controle de Substâncias Perigosas para a Saúde (COSHH) de HSE exigem que os empregadores controlem substâncias perigosas, como esses agentes de limpeza, para proteger os funcionários.

O empregador é obrigado a:

  • Fornecer uma ficha de dados de segurança para cada produto;
  • Manter o produto em sua embalagem original ou em uma embalagem de uso diário rotulada;
  • Treine todos os funcionários sobre os perigos de um produto e como se proteger;
  • Documentar todo o treinamento em substâncias perigosas;
  • Siga os procedimentos de prevenção de incêndio apropriados se houver risco de incêndio devido ao uso de substâncias de limpeza.
  • As empresas devem lembrar que se um funcionário ficar doente com COVID-19, ele deve relatar a doença de acordo com os requisitos de manutenção de registros do HSE . Os empregadores são responsáveis ​​por registrar e ou relatar doenças e lesões em tempo hábil, conforme determinado. Este requisito não se aplica a clientes que adoecem.

Os empregadores podem manter os espaços de trabalho higienizados e os funcionários seguros, sem comprometer a produtividade.

Ao desenvolver um plano claro para manter um ambiente limpo ao reabrir e operar, as empresas podem garantir que manterão os funcionários e clientes seguros.

As empresas também devem revisar o plano regularmente e mantê-lo flexível para que possam se adaptar a quaisquer mudanças.

Caso tenha alguma dúvida ou necessidade, considere solicitar uma avaliação técnica da Ponto Limpo Serviços, onde atendemos os estados de Minas Gerais, Goiás e São Paulo e em determinadas regiões a avaliação é imediata e gratuita, consulte-nos.

Ponto Limpo Serviços
Rua Florestina, 555, Araguari, MG
Fone 34 3242-2966 ☆ WhatsApp 34 98868-7168
www.pontolimpo.com .

 

Deixe um comentário

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?